segunda-feira, 20 de maio de 2013

ALEGRIA DE VELEJADOR SEM VELEIRO É ADOÇAR MOTOR!

É gente, sei que estou meio sumido do blog mas é que não ando tendo muita motivação para escrever ultimamente, o barco continua na carreta e eu estou como peixe fora da água, os finais de semana estão ficando chatos e enfadonhos, sobra o sofá da sala para ver se consigo assistir algo de bom na TV (dificílimo) e tomar cerveja (isso é facílimo)...

Neste momento só me resta a compaixão dos amigos que me convidam para velejar, mas mesmo assim não anda dando certo, primeiro o Antonio Carlos (aquele que comprou o tahiti 16), ta demorando muito para arrumar uma folga e colocar o pequeno na água, estamos marcando de ir até a ilha prumirim para ele  aprender os macetes do pequeno notável, depois fui convidado pelo Juca para uma regata de clássicos que aconteceu em Paraty (ou Angra, nem me lembro bem), que não deu para ir por motivos de custo e logística, então fui novamente convidado pelo Juca para participar do Ubatuba Sailing Festival como tripulante em uma regata, já estava sentindo o vento salgado no rosto, mas no último minuto alguns problemas impediram que participássemos da regata, pelo menos dormi no malagô, conheci o Luiz Carlos Malito, um cara super gente boa que tem uma coisa que eu prezo muito nas pessoas: cuidado e carinho com os pais, no malagô além do Juca tinha o André Scalon (esse foi meu companheiro nos chops no coquetel do iate clube), como tivemos problema com o malagô muita gente foi aparecendo, o Cesar (ex dono do barco) e o Ricardo Stark com sua imediata e proeira Maria (que me manteve informado sobre o final da novela), foi um grande dia apesar de não velejarmos estávamos no mar e isso já me bastava!

Bem, no domingo, já em casa com a criançada tirando o maior sarro por causa da minha onda de desencontros com a vela, resolvi matar a vontade de barco adoçando meus motores (no manual fala para funcionar pelo menos de 15 em 15 dias), o TOHATSO que já é conhecido dos amigos leitores e tem também o SAILOR 15 HP 4 tempos que veio junto com o piano piano, me parece um bom motor, nunca tive problemas com ele mesmo quando ficou mais de 3 meses sem funcionar e foi colocar gasolina e bater na cordinha que o bichinho pegou que foi uma beleza, só acho que ele é muito pesadão para o veleiro. Para vocês verem como o motorzão é suave, meu menino é que da partida nele!



No final da história, hoje fiz minha inscrição na lista de espera do cruzeiro costa verde, vamos ver se alguém desiste né??!! Assim forço o término da reforma que já esta deixando a mim e a criançada com síndrome de abstinência

Até mais pessoal!!!







3 comentários :

  1. Só de ver ja deu vontade de velejar, to até pensando em ir pra ubatuba a toa pra ficar la olhando pros veleiros...rs..abraços...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, realmente o bichinho da vela pegou você!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...